Contos da Meia Noite: Rostos Nos Espelhos

Rostos Nos Espelhos


Algumas pessoas consideram os espelhos como espécies de portais para outros mundos, dizem que quem morre em frente a um destes objetos pode utiliza-lo como passagem entre o mundo espiritual e o nosso, talvez por isso tenha ocorrido a situação que passo a narrar...

Um homem procurando fixar residência em um determinado município decidiu comprar um grande casarão que estava abandonado há algum tempo. Apesar do lugar ser bem maior do que realmente precisaria pensou consigo mesmo que a casa seria ideal para quem, assim como ele, desejaria constituir uma grande família.

Trinta anos e solteiro o homem, que tinha como profissão a medicina pensou , também, que talvez pudesse abrir um pequeno consultório no espaço que antigamente era uma sala. Feito o planejamento tudo correu de forma correta e em pouco tempo estava morando na velha casa, já completamente reformada.

Junto a casa vieram muitos móveis antigos, que reformados, combinaram muito bem com o lugar. Vários espelhos foram colocados em seu quarto deixando tudo bem decorado e auxiliando na iluminação ao refletir as luzes do dia ou até mesmo a elétrica.
Em uma noite de tempestades o homem foi acordado por um trovão, ele continuou deitado olhando para as sombras que se formavam na parede quando um relâmpago iluminou todo o quarto.

Um frio percorreu sua espinha ao perceber, por um breve tempo, que vários rostos empalidecidos o encaravam por dentro dos espelhos. Incerto que aquilo que viu era verdade ou fruto de sua imaginação não conseguiu mais dormir. Sua mente repetia a situação voltando a lembrar daqueles rostos perturbadores o espiando pelo espelho...

Com o clarear do dia, o homem decidiu retirar todos os espelhos de seu quarto e os trancou no sótão. Naquela noite ele acabou dormindo muito tranquilamente como há tempos não fazia. Com os passar dos dias a memória daqueles rostos horríveis foram se desvanecendo e logo não lembrava mais daquela noite estranha.

Uma manhã o homem acordou e foi tomar um banho, como fazia todos os dias. Assim que saiu do box e foi pentear os cabelos percebeu que o vapor do chuveiro tinha embaçado o espelho e que havia uma mensagem escrita na umidade.

A mensagem dizia:

“Por favor coloque os espelhos novamente no quarto, sentimos falta de ver você dormir a noite...”.

Fonte: Luciano inspirado em um conto popular/Clube dos Medos
Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org

Contos da Meia Noite - OpenBrasil.org
Página anterior Próxima página