Contos da Meia Noite: O Fantasma da Plantação de Murtas

O Fantasma da Plantação de Murtas


St. Francisville, Louisiana, Estados Unidos

Reza a história que em St. Francisville, havia uma grande fazenda, cheia de escravos, em que das tragédias ocorreram, uma após a outra. Isso porque uma escrava chamada Chloe, responsável pela plantação de murtas do local, tinha a mania de escutar as conversas de seus donos pela fechadura da porta, até que um dia foi descoberta e acabou perdendo uma das orelhas como punição.

Revoltada com o castigo, a escrava então teria feito um bolo com folhas de oleandro, uma planta extremamente venenosa. Acontece que, ao invés do dono da casa, quem comeu o bolo envenenado foram a esposa e filha do homem.

Chloe teria fugido depois desse desfecho trágico, mas os demais escravos conseguiram alcançá-la e acabaram linchando a mulher até a morte, no campo. Um tempo depois de tantas mortes no local, começaram registros sobre fantasmas por aí.

Há até a fotografia que você viu acima e que, segundo contam, mostra o fantasma da escrava Chloe. O mais impressionante de tudo, é que o lugar hoje se trata de uma estalagem que oferece passeios por toda a casa para quem quer conhecer de perto o cômodos que dizem ser mal assombrados, incluindo pelo fantasma de uma garotinha, que recita voodoo às pessoas que dormem em seu antigo quarto.

Fonte: Thamyris Fernandes
Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org

Contos da Meia Noite - OpenBrasil.org
Página anterior Próxima página