Contos da Meia Noite: O Assovio Misterioso na Aldeia

O Assovio Misterioso na Aldeia


Para Fabriciane, não é bom duvidar de assombrações. Na aldeia Marçal de Souza, onde mora há 12 anos, corre a história do assovio misterioso.

Todas as quintas-feiras à noite, por volta das 22h, quando algum morador faz ou participa de algum ritual indígena, alguém assovia. Ninguém sabe quem é e de onde vem o som, que é “bem fininho”.

Fabriciane jura que já ouviu. Foi em 2009, era noite e e ela estava saindo da casa de uma amiga. “Começou bem fino e foi sumindo. Era como se estivesse perto de mim”, contou. O jeito, relembrou, foi correr de volta para casa.

Uma parenta já tinha comentado que ali havia um “assoviador”, mas a jovem não deu atenção. “Eu falei: Eva, estamos na cidade e aqui não tem esses negócios não”, relembrou.

Fonte: Elverson Cardozo
Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org

Contos da Meia Noite - OpenBrasil.org
Página anterior Próxima página