Contos da Meia Noite: A Noiva da Mata

A Noiva da Mata


Um jovem casal, Maria e Emanuel namoravam escondido dos pais, já que os mesmos não aceitavam o relacionamento.

O casal não conseguia mais viver daquela forma, sempre se escondendo, mal podiam se ver. A paixão era tão grande, a vontade de estar juntos os consumia. Então, resolveram se casar sem que os pais soubessem.

Iniciaram todos os preparativos e no dia do casamento resolveram faze-lo em outra cidade, dizem que eles eram da cidade de Florânia e iam para cidade de São José do Seridó, outros contam que o sentido foi contrário, independente disso a história conta que no trajeto de uma cidade para a outra ocorreu um acidente. Segundo alguns, o cavalo que a noiva em fuga ia deu uma disparada, provavelmente por um susto ou coisa assim, entrou em direção à caatinga levando uma queda e batendo a cabeça em uma pedra e veio a falecer.

O fato é que o noivo ficou na igreja, esperando o casamento que jamais aconteceu.

Hoje, quem passa pela estrada de barro conhecida como RN-088, vê na mata fechada no primeiro domingo do mês de maio, a noiva de cabelos longos e vestido negro como se estivesse de luto, correndo na mata chamando pelo seu amor: - “Emanuel? Onde está Emanuel?”.

Fonte: Floriano Fagundes, para OpenBrasil.org
Foto: Arquivo OpenBrasil.org

Contos da Meia Noite - OpenBrasil.org
Página anterior Próxima página